Março: Formação para o discernimento espiritual

Para que toda a Igreja reconheça a urgência da formação para o discernimento espiritual, a nível pessoal e comunitáio.

Papa Francisco – Março 2018

A Igreja hoje precisa crescer na capacidade de discernimento espiritual. Há muitas maneiras de dedicar bem a vida, colocando-a a serviço dos ideais humanos e cristãos. Fomos criados por Deus por amor e para amar. Precisamos “ler a partir de dentro” o que o Senhor nos pede, para viver no amor e ser continuadores desta sua missão de amor. O tempo em que vivemos exige de nós desenvolver uma profunda capacidade de discernimento… Discernir, entre todas as vozes, qual é a voz do Senhor, qual é a voz d’Ele, que nos conduz à Ressurreição, à Vida, e a voz que nos livra de cair na “cultura da morte.

COMUNICADO DE IMPRENSA

O discernimento espiritual segundo Francisco: o que é e por que é necessário?

Francisco, através de uma nova edição de O Vídeo do Papa, adverte sobre a necessidade de formar as pessoas no discernimento pessoal e comunitário e evitar cair na “cultura da morte”. O Vídeo do Papa é uma iniciativa realizada pela Rede Mundial de Oração do Papa.

(Vaticano, 2 de março de 2018).- O Santo Padre, na nova edição de O Vídeo do Papa, insiste na necessidade da Igreja crescer no discernimento espiritual. O Papa Francisco não oferece receitas, mas convida a discernir as situações pessoais e comunitárias, a colocar-se à escuta do Senhor.

“Rezemos juntos para que toda a Igreja reconheça a urgência da formação a partir do discernimento espiritual, no plano pessoal e comunitário”, diz Francisco. “Discernir, entre todas as vozes, qual é a voz do Senhor, qual é a voz d´Ele que nos conduz à Ressurreição, à Vida, e a voz que nos livra de cair na ‘cultura da morte’”, afirma.

Em setembro de 2017, em um curso de formação para novos bispos, o Papa já havia falado sobre sua preocupação pelo tema e fez um claro chamado aos assistentes: “Discernir com humildade e obediência com o povo e para o povo de Deus”. “Discernir significa humildade e obediência. Humildade, respeito aos próprios projetos. Obediência, respeito ao Evangelho, como último critério; ao Magistério, que o guarda; às normas da Igreja universal, que o servem; e às situações concretas das pessoas, pelas quais não querem nada além de retirar do tesouro da Igreja tudo o que é frutífero para a sua salvação”, explicou.

“O tempo em que vivemos exige de nós desenvolver uma profunda capacidade de discernimento”, afirma Francisco no vídeo. “Necessitamos ‘compreender a partir de dentro’ o que o Senhor nos pede, para viver no amor e ser continuadores desta sua missão de amor”, acrescentou.

“O discernimento espiritual é a bússola que nos permite reconhecer a ação do Espírito Santo em nossa vida, em nossas comunidades e no mundo. Hoje, como ontem, Deus continua agindo e acompanhando a sua Igreja, mas muitas vezes não reconhecemos sua voz”, sublinhou o Pe. Frédéric Fornos, SJ, diretor internacional da Rede Mundial de Oração do Papa (Apostolado da Oração) e do Movimento Eucarístico Juvenil. “A formação no discernimento, como disse Francisco, é urgente, pois nos ajuda a escutar, a reconhecer e a ser dóceis ao Espírito do Senhor nos grandes desafios do mundo e da missão da Igreja. Sem o discernimento espiritual e pastoral estamos cegos”, acrescentou.

Credits

Pope’s Worldwide Prayer Network

Campaing title:

The Pope Video – March 2018: Formation in Spiritual Discernment.

Idea and project coordination:

La Machi

Creative agency:

La Machi

Pope Francis shooting:

Centro Televisivo Vaticano

Production house:

AdHoc Producciones

Sound mixing & music:

Índigo Music Design

Discernimento Espiritual, Apoio, Aconselhamento, Caminho, Comunidade, Acompanhamento, Espiritualidade

adminMarço: Formação para o discernimento espiritual